Domingo, 21 de Novembro de 2004

UMA ANEDOTA QUE PODERÁ SER REALIDADE


QUE CULPA TINHA ELE

Uma Senhora grávida de SETE MESES ( 7), entrou num eléctrico e sentou-se. Ao voltar-se para trás, reparou num cavalheiro que sorria maliciosamente. Passados momentos voltou-se novamente e o mesmo cavalheiro sorria descorado.

A Senhora sentindo-se incomodada mudou de lugar e o mesmo cavalheiro continuava a rir, volta a mudar de lugar e desta vês o cavalheiro dispara uma tremenda gargalhada.

A Senhora sentindo-se ferida e não suportando a atitude de semelhante cavalheiro de tão baixos sentimentos morais, foi queixar-se ao condutor do eléctrico.

Senhor condutor queira por favor repreender aquele incorrecto cavalheiro que me ofende com a sua maneira de rir!

O condutor parou o eléctrico e dirigiu-se ao cavalheiro neste termos.

Oiça lá cavalheiro, deixe de rir!

Está a ouvir?

Porque se ri o Senhor dessa maneira?

Porém o cavalheiro ria de tal maneira, que todos os passageiros o julgaram maluco ou pelo menos embriagado.

Sem mais considerações o condutor parou o eléctrico e chamou um policia que o deteve.Uma vês na esquadra e instado para que declara-se a razão de tão insólito procedimento, o cavalheiro respondeu:

- Quando esta Senhora entrou no eléctrico e se sentou, reparei que por cima do seu assento estava um reclame de um filme:


“ TU SERÁS MÃE “

eu não pude deixar de rir;

a Senhora encavacou e mudou de lugar, mas com tanta infelicidade que se sentou no banco que tinha por cima o seguinte anúncio:


“ COM LINIMENTO SLOAN ESSE INCHAÇO PASSA”.


Então ri com vontade,

logo em seguida foi sentar-se sobre outro anúncio de um certo medicamento para inflamações de olhos que dizia:


“COM APENAS DOIS PINGOS FIQUEI ASSIM”.

Eu não me contive e então já ria com vontade,

a Senhora mais uma vês se levantou e por infelicidade foi sentar-se noutro banco que tinha por anuncio os produtos de borracha onde se lia:

“ SE USASSE BORRACHA GOOD YEAR EVITAVA ACIDENTES COMO ESSE”.

Então não me contive e ri a bandeiras desgarradas.

- Perante tal declaração o chefe da Policia mandou o cavalheiro em Paz.
publicado por driver às 15:18
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Novembro de 2004

Novo Código de Estrada ou novo tarifário de multas?

Muito se falou no novo código de estrada, que seria para entrar numa data que depois não houve coragem polictica de se pôr em prática, e este governo então levou a peito e lá fizeram um novo código de estrada a entrar em vigor para o próximo ano, mas o mesmo não é mais nem menos que uma actualização e renovação de tarifário das multas.

Pois não há nem existe vontade de se fazer um novo código de estrada em Portugal como já fizeram os outros países europeus, e aí sim aprovaram o novo tarifário de multas.

E porquê um novo tarifário?

É SIMPLES, FÁCIL, E DÁ MILHÕES AOS COFRES DO ESTADO.

E não se pode penalizalar quem não cumpre, quem excede os limites de velocidade, quem anda em contramão nas autoestradas portuguesas, quem anda sem seguro nas estradas, sem vistorias, quem não para nos semaforos à luz amarela e nem no vermelho, enfim todo uma falta de respeito e civismo nas nossas estradas.

Os atroplementos nas passadeiras enfim um vasto número de infracções que se verifica nas estradas.

Eles preocupam-se sim em controlar, fiscalizar e autoar os camiões pois sabem perfeitamente que são os camionistas que têm que pagar as multas do seu bolso, uma vêz que os patrões não pagam nenhuma, e quando existe alguma para o patrão pagar, fazem olhos de mercador ou fazem de conta que não viram a infração e multam somente o camionista, pois o desgraçado já tem um vencimento chorudo que não é actualizado a ONZE ANOS.

POIS SABIAM QUE VENCIMENTO DE CAMIONISTA É 559 EUROS MENSAIS?

Uma fortuna que tem de sustentar a familia, comer do vencimento, e dormir dentro do camião e ter os ouvidos bem limpos, e sempre em alerta para não ser roubado de noite.
publicado por driver às 21:24
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Novembro de 2004

A Viagem para PISA - ITALIA

Depois de ter acabado a viagem da Belgica carreguei para ITALIA, e numa terça feira a noite debaixo de uma chuva torrencial e 25 toneladas de carga lá vou eu para mais uma missão de trabalho fazer a IP3 e fiquei a dormir em Celorico da Beira.

A chegar a este belo sitio serrano e já eram 23horas uma raposa faminta surge na beira da estrada, vinha a descer e (já amarrado )como se diz na giria não deixando o camião ganhar velocidade, pois a vida de camionista é igual à vida de um padre, deu para contemplar o belo animal.

NA Quarta feira de manha depois de um belo sono são horas de começar a trabalhar em Espanha o mau tempo continua até VALLADOLID e depois aparece o sol até VITÓRIA e aqui aparace um temporal com ventos muito fortes que nos obriga a conduzir abaixo dos 70 Km/h até Alsasua/ Pirineus, hora para repousar e depois continuar para França onde consigo dormir numa area de serviço mais conhecida pelo Português por serem portugueses nesta area de serviço " LAC AUDEJOS ".

No dia seguinte aparece o sol e a bela imagem de neve surge nos PIRINEUS / ANDORRA, esta companhia solarenga mantém-se até MONTEPPELIER e aqui a situãção complica-se com um violento temporal e alerta laranja até NICE chuva e vento forte durante 4h30 de condução, chego a Nice já exausto onde fico a dormir e as 3h45 da manhã do dia seguinte sigo para ITALIA já 6 feira.

E o imprevisto surge abasteci de gasoleo e o carro fica avariado, peço ajuda e consigo por o carro em marcha, na descida do Mónaco um Ligeiro despistado atravessado na via é abalroado por um camião a confusão instala-se, são 4h30 da manhã, vá la consigo passar depressa e as 8h30 da manhã estou a 90 km de Genova paro para fazer o descanso e novamente o carro fica avariado e o motor não trabalha sou novamente assistido pela assistência 24 horas e as 11horas consigo seguir caminho, vou para norte de Pisa e não posso perder tempo e é 6 feira e feriado 2 feira 1 de novembro.

Chego ao cliente na zona de LA SPEZIA e para entrar é necessária muita pericia e ajuda externa ja que os espelhos retrovisores têm que ser encolhidos tenho um tunel com 2,60 de largura e o camião mede 2,50 e não tenho visão de manobra.

Descarrego e sigo a toda a velocidade para PISA para carregar chego as 19horas para o camião e este volta a não pegar e peço nova assistência e os nervos começam a aparecer pois dizem que não me carregam o carro só na 3 feira, vá lá com a ajuda em Portugal carregam-me o carro durmo em PISA e saio no sabado as 7horas da manhã.

Bem é dia de arriscar a multa em ITALIA e andar a 90 km/h na autoestrada pois tenho que passar a fronteira antes das 14h pois vai fechar para os camiões e preciso de 6 horas para lá chegar, por volta das 13h15 passo a fronteira e não fui apanhado pela policia, pelo caminho surgiu uma bela ajuda de uma boleia e consigo chegar a fronteira espanhola as 23horas, onde fiquei de fim de semana e só saí na 2 feira 1 de Novembro com muita chuva e vento, até Portugal, pelo caminho em Espanha na zona de SORIA já se vê neve e muito frio. na 3 feira cheguei a Portugal e assim terminou uma aventura da dura vida de um camionista.

até breve.

publicado por driver às 23:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Nova Volta pela " BENELUX "

Depois de uma grande seca no transitário e de ter saído do mesmo as 5horas da manhã hora em que foi dada por concluída a carga do meu camião no transitário, eis que chegou a hora do descanso do camionista.

Fui dormir e no domingo lá chegou a hora da partida e da despedida da familia com a promessa que seria apenas mais uma viagem de trabalho duro para o norte da Europa desta vês a BELGICA.

Fiquei a dormir em Espanha em CIUDAD RODRIGO, e na segunda feira as 8 horas da manhã são horas de se por a caminho e passados alguns quilómetros o encontro de um antigo colega de trabalho que ia também para o mesmo país e a mesma rota, e lá fomos os dois até a fronteira de REKKEN - LILLE, e aqui tivemos que nos separar, muita chuva e frio pelo percurso com a temperatura a rondar os 7 graus.

Comecei por descarregar em LILLE e depois fui para NAMUR, e segui até BRUXELAS, capital do velho continente, e aqui surge a primeira surpresa, a uma centena de metros está o PARC ROYAL e a BASILICA, estou a descarregar junto ao porto fluvial e leio num grande painel, perigo de assaltos, isto em várias linguas menos em Português mas havia o Espanhol.

Regressei a fronteira Francesa pois tinha mais um cliente junto a esta como carregaram mal o camião andei as voltinhas. Dormi na fronteira e de madrugada um susto enorme, um violenta temporal atravessou a zona abanando o camião violentamente durante 1 hora, descarreguei e fui carregar a ANTUERPIA porto de Mar para Portugal viagem marcada pela ausência do sol e de chuva e vento forte até ao nosso país.

publicado por driver às 22:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. TENHO UM NOVO BLOG

. ISTO E A DOER

. AS NOVAS LEIS A PARTIR DE...

. A MINHA PRIMEIRA VIAGEM C...

. A VIAGEM QUE IA FICANDO A...

. UMA PEQUENA HISTORIA DO Q...

. Ando por cá de novo

. DEPOIS DE UMA PARAGEM

. ATE A DINAMARCA

. O REGRESSO DEPOIS DE UM L...

.arquivos

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Setembro 2005

. Junho 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds